BLOG DO MEMORIAL

24 de setembro de 2020

Os capacetes nem sempre foram seguros

Equipamentos de segurança estão em constante evolução.
Os primeiros itens de segurança adotados para proteger motoristas de veículos abertos ou de corrida eram formados por uma balaclava coberta por um capacete de couro, arrematada por óculos especais. Eles ofereciam pouca proteção, na verdade tinham a função de evitar insetos e ciscos nos olhos e prender o cabelo.
Um acidente, que provocou a morte de uma pessoa por traumatismo craniano, despertou o alerta de que esses itens não eram suficientes como equipamentos de proteção. O episódio levou à necessidade de desenvolvimento de um item que tivesse a função de manter a cabeça protegida.  Desde então, os capacetes usados por pilotos de corrida, motociclistas e ciclistas estão em constante evolução e são fabricados com avançadas tecnologias, adequadas para cada tipo de atividade, garantindo conforto e segurança para os seus usuários.
O item é tão fundamental para proteção em caso de acidente que aqui no Memorial da Segurança no Transporte temos um painel dedicado exclusivamente a eles. E você ainda terá a oportunidade de saber como a viagem do homem à lua está relacionada aos capacetes.  Exatamente. Essas duas histórias estão relacionadas. Os investimentos para conquistar o espaço foram decisivos para o desenvolvimento de tecnologias de transporte e segurança, como a fibra de carbono, principal matéria prima dos capacetes atuais.

Posts Relacionados